Com o aumento da crise mundial dos recursos naturais e do clima, todas as empresas precisam agir agora para ter um impacto positivo sobre o nosso planeta, diz Rolf Stangl, o CEO da SIG.

Ninguém que tomou conhecimento do mais recente alerta da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a biodiversidade passou incólume pela escala do desafio que o planeta agora enfrenta. O estudo divulgado recentemente alerta que um  milhão de espécies corre o risco de extinção se medidas radicais não forem tomadas para conservar os recursos naturais da Terra, que estão se esgotando.

Ainda assim, o atual padrão de crescimento econômico poderá piorar ainda mais as coisas, e não melhorar. O aumento populacional e o consumo de recursos exercem uma pressão crescente sobre o clima e os ecossistemas. Reduzir o impacto do consumo adicional não é mais suficiente. Precisamos encontrar meios para criar uma economia circular que contribua para a capacidade do planeta de sustentar a vida; e não apenas simplesmente reduzir o que tiramos dele.

Compreendendo o impacto positivo

Então, como é a abordagem de “impacto positivo” das empresas? Para uma companhia como a SIG, trata-se de um desafio particularmente difícil. Embora nos esforcemos para ser diferentes, os críticos veem nosso setor como facilitadores de uma sociedade esbanjadora. E na medida em que crescemos nos mercados em desenvolvimento, que buscam melhores padrões de vida, encontramo-nos na linha de frente para a construção de um sistema de fornecimento mais sustentável e acessível.

É por isso que apoiamos o Fórum das Empresas Responsáveis sobre as Inovações Climáticas realizado em Hainan, na China, em 23 e 24 de maio, para discutir soluções de economia circular e zero carbono para um futuro sustentável e resistente às alterações climáticas. É um grande desafio, mas ao compartilharmos ideias e liderar pelo exemplo, esperamos que a conferência possa servir como catalisadora para que empresas de todas as partes pensem de uma maneira mais colaborativa.

Um fornecimento sustentável

A questão fundamental para a SIG é como criar um sistema de abastecimento alimentar de impacto positivo. Nosso papel hoje é fornecer aos fabricantes tecnologia para o envase de seus produtos em embalagens cartonadas assépticas – um sistema inerentemente mais sustentável do que muitas outras alternativas. Nossas embalagens são feitas principalmente de papel cartão renovável, oriundo de fontes certificadas, mas estamos trabalhando arduamente para melhorar as taxas de reciclagem e desenvolver outros materiais, como o plástico fóssil e o alumínio.

Outro desafio é o desperdício de alimentos. A tecnologia das embalagens cartonadas assépticas permite aos produtores rurais extrair o máximo da preciosa produção agrícola, conservando o valor nutricional. Os prazos de validade longos, juntamente com a menor taxa de perdas do setor, ajudam a combater os efeitos do desperdício de alimentos. E como não há necessidade de refrigeração durante o transporte e a armazenagem, também estamos reduzindo as emissões e o consumo de energia.

Empenhados em colaborar

Nossa posição no centro do sistema de distribuição nos permite colaborar com todos, de clientes a comunidades, no desenvolvimento de uma sociedade sem desperdícios; trabalhando juntos para reduzir as pegadas de carbono e construir sistemas eficientes de reciclagem. E a atual preocupação mundial com os plásticos de uso único é uma oportunidade para que todas as empresas se empenhem em usar mais matérias-primas renováveis.

Construir uma sociedade de desperdício zero e uma economia circular exige um esforço constante de todos os envolvidos na cadeia de fornecimento. É por isso que queremos cortar pela metade nossa pegada ambiental até 2030 e dobrar nossa contribuição para a sociedade como parte de nossa estratégia Way Beyond Good. Isso tudo porque se não dissociarmos o crescimento dos impactos ambientais e assegurar que deixaremos os ecossistemas e a sociedade mais fortes do que quando os encontramos, não serão apenas as empresas que terão dificuldades para sobreviver.

Quer saber mais sobre nosso compromisso com a sustentabilidade? Contate-nos para ficar a par dos progressos que fizemos com o Way Beyond Good, em nosso mais recente Relatório de Responsabilidade Corporativa.

SIGnals

Postado por SIGnals

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *