Os consumidores preocupados com a saúde têm fome de informações sobre os produtos. Eles querem saber o que estão consumindo e como os produtos foram feitos. Eles também buscam respostas nas embalagens

Não se iluda, a tendência da alimentação ecológica chegou para ficar. Os consumidores querem se alimentar da maneira mais saudável possível. Uma pesquisa feita pela especialista em sabores FONA em 2017 constatou que 59% dos nutricionistas acreditam que os consumidores estão optando por consumir alimentos mais ecológicos, mais frescos e menos processados. Isso significa que eles estão dispostos a pesquisar mais antes de comprar um produto e estão analisando mais detalhadamente as informações contidas nas embalagens.

Ao comprar produtos ecológicos, os consumidores sempre têm um conjunto claro de prioridades. A principal consideração são as informações sobre o produto. Aqui, 54% dos consumidores  buscam e escolhem alimentos ou bebidas com ingredientes que eles possam reconhecer, segundo a FONA. Isso muitas vezes significa eliminar substâncias não desejadas como glúten, sódio ou açúcar. Na verdade, 50% dos consumidores buscam ativamente produtos com baixos índices de açúcar, enquanto 70% são atraídos pela afirmação “sem adição de açúcar”.

A sensação de transparência

Essa maior conscientização do consumidor acontece no momento em que novas tecnologias tornam mais fácil como nunca o acesso a informações sobre a produção, o que por sua vez está depositando uma maior expectativa sobre os fabricantes de alimentos e bebidas. Uma pesquisa da Label Insight  constatou que 94% dos consumidores acreditam que é importante os fabricantes serem transparentes em relação aos ingredientes de seus alimentos e como eles são produzidos. Além disso, 67% acham que é responsabilidade das empresas fornecer informações completas sobre os produtos.

Embora desafiadoras, essas novas exigências dos consumidores apresentam novas oportunidades para os fabricantes. A Label Insight também constatou que 75% dos consumidores não confiam hoje na exatidão dos rótulos dos alimentos, enquanto 35% admitem ficar confusos com o que esses rótulos afirmam. Os fabricantes que fornecem informações mais detalhadas e fáceis de entender sobre seus produtos, podem assim ganhar uma vantagem competitiva.

Na verdade, mais de um terço dos consumidores pesquisados pela Label Insight disseram estar dispostos a mudar de marcas para obter melhores informações sobre os produtos. Essa disposição de mudar tem relação com uma acessibilidade a novos canais de marcas, uma vez que 37% dos consumidores disseram ser quase duas vezes maior a probabilidade de eles avaliarem o acesso a essas informações por meio dos rótulos digitais.

Entra em cena a connected pack

Para atender essa demanda por transparência e uma disposição em usar canais digitais, a SIG oferece uma série de soluções de embalagens inteligentes. Estas usam novas tecnologias digitais e soluções únicas de rastreamento para que os fabricantes possam oferecer produtos totalmente conectados e rastreáveis.

Isso significa que cada embalagem e seu conteúdo podem ser conectados a um conjunto individual de informações, formadas por detalhes sobre a produção, matérias-primas e até mesmo os resultados químicos de testes de qualidade em laboratório. Os consumidores podem acessar tudo isso escaneando um simples QR code com seus smartphones – obtendo todo um novo nível de informações que atendem às exigências de alimentos mais ecológicos.

Quer saber mais sobre as possibilidades de marketing digital ou otimização da cadeia de fornecimento por meio de dados? Contate-nos agora ou leia mais sobre nossas soluções de Connected Pack.

SIGnals

Postado por SIGnals

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *